Notícias Renault Trucks
rss


 

17.05.2010

Teste Fehrenkötter

RENAULT PREMIUM estrada líder de uma prova comparativa DE TRês ANoS De um camionista alemão

Realizada conjuntamente pelo camionista alemão Joachim Fehrenkötter, proprietário do grupo do mesmo nome, e do grupo de imprensa ETM-Verlag, a prova “Fehrenkötter” põe em competição durante três anos um total de sete camiões das sete marcas presentes no mercado alemão. O objectivo é determinar, depois de três anos de utilização em condições reais, qual o camião mais barato em uso. Fiabilidade, consumo, serviço pós-venda do fabricante... analisam-se todos os critérios e com eles realiza-se uma classificação contínua. Depois de dois anos de prova dos três anos que deve durar, o camião Premium Estrada de Renault Trucks continua em cabeça da classificação graças a um baixo consumo e a uma fiabilidade exemplares.

Camionista desde já vários anos na Alemanha, o grupo Fehrenkötter está especializado no transporte internacional de máquinas agrícolas, caravanas e veículos de transporte. Tem um parque dos 200 veículos, até agora de uma só marca. Um dia, em 2007, o director da empresa, Joachim Fehrenkötter, teve a ideia de comprar 7 camiões das 7 marcas presentes no mercado alemão e submetê-los a provas durante três anos. O seu objectivo é determinar e escolher, em definitiva, a marca que aparece como melhor em termos de fiabilidade, de custos e também de serviço e de relação cliente. Esta prova privada é ainda mais representativa quando sabemos que se realiza com camiões de série, de potência equivalente e em condições reais de utilização dentro da empresa. Os sete camiões rígidos 6x2 com potências que vão desde 400 a 420 cavalos. O veículo Renault Trucks é um Premium Estrada rígido 410.25 6x2. Conduzido por um único chofer para as missões na Alemanha e dois outros choferes para as entregas em Europa, já percorreu mais de 350.000 quilómetros.

Nas duas terceiras partes da prova, e depois de dois anos de utilização dos três que durará a prova, é Renault Premium Estrada o que se situa no primeiro posto de classificação. Está considerado como um campeão no referente à economia já que o seu consumo é o mais baixo de todos e os seus custos de exploração são, e de longe, os mais vantajosos.

A prova organiza-a conjuntamente com a companhia de transportes Spedition Fehrenkötter e o grupo de edição ETM Verlag.

Os dados procedem das suas próprias medições: nem Renault Trucks nem os outros fabricantes intervêm de nenhuma maneira. Todos os custos originados por veículos (compras, manutenção, avarias, reparações...) ficam anotados e integram-se no preço de custo global que define a hierarquia da classificação. O Premium Estrada é o veículo que menos consome, com um consumo médio de 31,9 litros, ou seja, perto de um litro de diferença cada 100 km com o seu imediato perseguidor. Também é o veículo que origina o menor custo por quilómetro: 66,93 cêntimos/km dos que 31,50 cêntimos são custos fixos e 35,43 cêntimos custos variáveis. Em total, estes bons resultados permitem conservar o primeiro posto na classificação global.

Além dos veículos, o camionista põe em evidência também o serviço pós venda de cada marca e a qualidade das relações que estas têm com o cliente. Para cada intervenção, o custo do tratamento e o custo das peças sobressalentes são integrados no custo de exploração global do camião. Finalmente, cabe assinalar que todos os camiões foram comprados sem contrato de manutenção centralizado.

Embora esta primeira posição não seja uma surpresa para Renault Trucks, representa mesmo assim um orgulho para a marca já que destaca as qualidades intrínsecas do Premium Estrada em condições reais. Se bem que há que esperar o final da prova em Setembro de 2010, esta posição de líder é já para Renault Trucks um motivo de satisfação e de ânimo para melhorar ainda mais a qualidade dos seus produtos e dos seus serviços aos clientes.


 

rss